Google+ Casa Com Decoração- Blog de Decoração: 5 fatos sobre um dos cursos mais tradicionais do ensino superior brasileiro Posts Relacionados

Procure no Casa Com Decoração

26 junho 2018

5 fatos sobre um dos cursos mais tradicionais do ensino superior brasileiro




Quem me acompanha no Instagram (@regiane design) sabe que meu bisavô materno foi professor, e através da minha mãe, tenho recordações que ele trabalhava com amor e sabia que poderia fazer a diferença para cada aluno.

É por este motivo, que com uma grande alegria conto sobre Graduação em pedagogia - 5 fatos sobre um dos cursos mais tradicionais do ensino superior brasileiro

Escolher uma graduação costuma ser sinônimo de escolher uma carreira para seguir durante boa parte da vida. Ainda que seja possível mudar de curso sem muitas dificuldades, fazer uma primeira escolha assertiva permite que você entre no mercado de trabalho e construa uma carreira ainda nos primeiros anos de profissão.

Na hora de tomar uma decisão é importante conhecer os principais aspectos dos cursos oferecidos.

Tem interesse na Graduação em Pedagogia e quer conhecer todos os detalhes do curso?




1. É um curso super tradicional 

O curso de pedagogia é um dos mais tradicionais da história, já que institucionaliza o ensino de matérias elementares para a formação humana ainda na educação infantil.

Hoje é dever dos pedagogos dar aulas e participar ativamente da educação formal nos ciclos básicos do ensino fundamental. O magistério, que foi válido durante boa parte da história para a carreira de educação, passará a não ser reconhecido em 2020, tornando o mercado restrito aos licenciados em pedagogia.

2. O mercado de trabalho nunca fica saturado

Além de ser possível prestar concurso para trabalhar na rede pública de ensino, o mercado se expande devido a grande quantidade de escolas e centros de ensino da rede privada que são abertas anualmente. Além do mercado educacional, o perfil do profissional de pedagogia faz com que eles sejam muito buscados para vagas de espaços não escolares, como RH de empresas, ONGs, atendimento ao cliente, entre outros.

3. O curso tem um perfil específico

O perfil do profissional de pedagogia é um dos fatores de maior renome do curso. Ser sociável, solidário, comunicativo e bem articulado faz parte do tipo de pessoa que costuma se apaixonar de primeira pelo curso, mas, o mais importante é gostar de gente de todos os tipos.

O profissional que irá para sala de aula deve ser criativo, dinâmico, empático e paciente, já que cada aluno exige um modo de tratamento. Se você não tem todas essas habilidades fique tranquilo. Durante o curso são realizadas várias disciplinas práticas e teóricas com uma série de metodologias e didáticas que auxiliarão você dentro de sala!


4. Você pode seguir na área acadêmica

Ao contrário do que se pensa, o licenciado em pedagogia não fica restrito à sala de aula. Um ramo lucrativo e em constante crescimento disponível para esses profissionais é o desenvolvimento de material para apostilas e livros didáticos, dedicando-se apenas à escrita e ao planejamento de jogos pedagógicos.

O aluno de licenciatura em pedagogia também pode ir para a área de gestão educacional e, principalmente, paro os ramos de extensão e pesquisa, podendo consagrar seu nome no panteão de grandes educadores como Freire, Piaget e Montessori.

5. Você se torna imortal!

Como diria Rubem Alves, um dos principais educadores brasileiro: "Ensinar é um exercício de imortalidade. De alguma forma continuamos a viver naquele cujos olhos aprenderam a ver o mundo pela magia da nossa palavra. O professor, assim, não morre jamais."

Assim, ao escolher ser um profissional de pedagogia, o aluno da licenciatura se torna uma parte fundamental da força motriz transformadora conhecida como educação.

Estar em sala de aula ou diretamente relacionado à produção educacional faz com que você participe ativamente da sociedade, inspirando crianças e adolescentes a se tornarem adultos curiosos, educados e cordiais.







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por sua visita!
Quando você deixa um comentário registrado, ficou ainda mais feliz.

Volte sempre que puder!


Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, a autora deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de
privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links.