Google+ Casa Com Decoração- Blog de Decoração: Ideias para reaproveitar capas antigas de passaporte

10 novembro 2014

Ideias para reaproveitar capas antigas de passaporte


Amo demais minha casa, mas viajar é algo mágico!

Molda o senso do que é belo, mantém a mente aberta, permite enxergar além das nossas verdades. Algo único, que transforma qualquer pessoa que é apaixonadamente inspirada por... viagens!

Para o post de hoje pensei num projetinho rápido e que há muito tempo queria fazer: customizar as capas dos nossos passaportes.

Existem vários materiais disponíveis no mercado para customização, mas escolhi algo que a-d-o-r-o, que são mapas antigos e feltro colorido. 

Se vocês também gostam de viajar, e precisam de ideias para reaproveitar capas antigas de passaporte, olha como fazer:


Material

-  mapa antigo
- feltro colorido
- tesoura
- cola quente
- verniz em spray para papel e objetos decorativos
- capinhas antigas

Como fazer

Quem já encapou cadernos e livros vai fazer o processo rapidinho :) É só colocar a capa aberta sobre o papel (ou o feltro), de forma centralizada, para medir a altura e a largura. Deixando as mesmas medidas no lado esquerdo e no direito, assim como em cima e em baixo, corte o papel (feltro) usando a tesoura. Depois é só usar a cola quente para fixar o novo revestimento na capinha. Finalizei com uma camada de verniz em spray ( para papel e objetos decorativos).

Para o modelo em feltro, fiz primeiro a capa, recortei um círculo no feltro branco e um mini avião que desenhei à mão livre. Fixei tudo com a cola quente e esperei secar.

Prontinhos para serem usados. Suspiro!


Mais ideias descoladas para viajantes estão no álbum do Pinterest.

E como adoro as reflexões do escritor Amyr Klink, sobre viagens, escolhi uma frase dele para terminar o post:

"Um homem precisa viajar. Por sua conta, não por meio de histórias, imagens, livros ou TV. Precisa viajar por si, com seus olhos e pés, para entender o que é seu. Para um dia plantar as suas árvores e dar-lhes valor. Conhecer o frio para desfrutar o calor. E o oposto. Sentir a distância e o desabrigo para estar bem sob o próprio teto. Um homem precisa viajar para lugares que não conhece para quebrar essa arrogância que nos faz ver o mundo como o imaginamos, e não simplesmente como é ou pode ser; que nos faz professores e doutores do que não vimos, quando deveríamos ser alunos, e simplesmente ir ver”.

Amyr Klink



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por sua visita!
Quando você deixa um comentário registrado, ficou ainda mais feliz.

Volte sempre que puder!


Política de moderação de comentários:

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários; portanto, a autora deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de
privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...